builderall

bailarina, coreógrafa, improvisadora, diretora artística, pesquisadora e educadora do movimento

Currículo Cibele Ribeiro (DRT/SP: 24.799) - Artista da dança: bailarina, improvisadora, coreógrafa, preparadora corporal, diretora artística, pesquisadora, educadora do movimento, docente e produtora há 25 anos. Mestre em Artes Cênicas pela UFRN e graduada em Ciências Sociais pela UNICAMP. Atua em trabalhos autorais solo e coletivos como bailarina e como encenadora, além de possuir produção em videodança como bailarina, diretora e como orientadora artística. Suas criações se dão no universo da dança contemporânea, na fronteira da dança com o teatro e performance, sob influência das danças brasileiras e afro-brasileiras. Possui produção intelectual publicada em sites acadêmicos e não acadêmicos. Contemplada com o Prêmio PROAC LAB por Histórico de Realização em Dança no Estado de São Paulo (categoria coreógrafos e diretores) e Prêmio Trajetória Cultural - LAB no município de Campinas, SP em 2020. À convite do SESC Campinas, integrou a programação do Circuito SESC de Artes 2021 com a vivência e videoperformance “Práticas Para reencantar o Mundo, Narrativas Coreográficas On Line”, além da videodança “Crua” para a programação “Corpos em Quarentena”, lançada no canal do Youtube do SESC/Campinas. Realizou ainda as videodanças “Moiras- Fios do Tempo” e “System Error” para a Programação “Cultura Abraça Campinas”, da Secretaria de Cultura de Campinas, SP. Atuou na montagem “Imatéria” (2017-2018), apresentada no SESC/Campinas em 2018 e escolhida como parte da programação “Cartografia do Possível” do Centro de Referência da Dança (CRD) de São Paulo em 2017. Dirigiu mais de 15 espetáculos, dentre eles “Taru Andé – Que Tragédia é essa?” da Cia. Lunares (2019). Fez a orientação em videodança de “Ninguém” entre aspas, de Leila Kawanishi, selecionado para a Mostra On-line de Videodanças Corpos em Perspectiva – 2020/2021 do Centro Coreográfico do Rio de janeiro - categoria: Corpos Confinados, pré-selecionado para a Bienal Internacional de Dança do Ceará de Par. É Orientadora em Dança no Programa Qualificação em Artes – Dança da Poiesis / Oficinas Culturais do Estado de São Paulo desde abril de 2021. Foi arte-educadora da Escola de Artes Augusto Boal, em Hortolândia, SP, de 2015 a 2020, ministrando componentes práticos e teóricos na Formação Profissionalizante em Dança.

Galeria de Fotos

 Destaques de Imprensa

O que somos quando esquecemos as perguntas - 2021

Dança Contemporânea | Oficina

Circuiuto SESC de Artes - 2021

Práticas para Reencantar o Mundo | Vivência e Videoperformace

Entrevisa Dia Internacional da Dança - 2021

Corpos em Quarentena  SESC - 2020

Crua | Videodança

Direção Cia. Lunares 2019

Taru Andé – Que tragédia é essa? | Espetáculo

Da Cena Local SESC Campinas - 2018

Imatéria | Espetáculo

Oficinas Culturais2017

Tecer-se Corpo | Oficina 

Cartografia do Possível  - 2017 | Centro de Referência da Dança

Imatéria | Espetáculo

Prêmio por Histórico de Realização em Dança

ProAC LAB 48/2020
Categoria diretores e coreógrafos,

com recurso advindo do Governo Federal, através do Governo do Estado de São Paulo/Secretaria de Cultura e Economia Criativa

CONTATO

[cibeleribb@gmail.com]

 

[+55 19 98290-9027]

IvanaCubas.Estudio

2021     © | Todos os direitos reservados